Sobre

Olá meu nome é Marvio Rocha, sou natural da cidade de Macaé, uma cidade no interior do estado do Rio de Janeiro. Onde que tem a famosa história de Motta Coqueiro, que foi o último enforcado no Brasil. Aqui também é conhecida como a princesinha do atlântico. 

Sobre meus Pais

A minha Mãe, trabalhou 38 anos em um Hospital daqui da cidade como cozinheira, mas hoje ela já está aposentada acredito que boa parte do que sei hoje agradeço a minha mãe.

Já meu Pai, na época era mecânico e me tratava como os militares ele é do tipo sargentão, talvez por ser soltado na época e achar que nos deveria receber o mesmo tratamento um grande engano.

Meus Estudos

Sempre estudei em escola pública eu não era o mais inteligente da turma, mas adorava ser criativo. Certa vez, minha professora formou grupos na sala de aula, para fazer uma peça teatral e esse fato me marcou bastante, porque aproveitei para preparar uma grande peça.

Enquanto todos os meus colegas formavam grupos. Decidi que faria sozinho, mais na verdade, tive ajuda de um amigo na produção do som ambiente que coloquei como música de fundo.

Nessa época, fiz uma campanha antitabagismo, onde eu era um mímico. Fiz toda a minha produção, pintei  meu rosto e coloquei efeito sonoro trazendo a seguinte mensagem para turma: “Hoje, você acende o cigarro, amanhã ele te apaga”. E eu me deitei no chão, e em quando ouvir o silêncio de todos me aplaudindo.

Isso realmente foi muito emocionante, tanto para mim, quanto para turma. Foi uma experiência inesquecível.

Como foi o meu primeiro contato com computador

O meu primeiro contato com o computador foi na casa dos meus primos. Eu não sabia como ligava direito e a primeira coisa a fazer foi vencer a barreira do medo. Computadores naquela época, eram uma fortuna e o risco de vírus ou alguma coisa dar errado era muito grande. Mas, consegui entender que, se eu não tivesse atitude, nunca iria me tornar um programador.

Acreditar que você pode já é meio caminho andado

Nessa época o conceito de resolver problemas já era uma grande paixão em minha vida. Eu pensava que ira ser um administrador de empresa ou até mesmo maestro de orquestras. Mas o contato com a tecnologia falou forte em mim. E pode perceber que talento, comunicação e persistência andavam juntos.

 

Sobre minha vida de Nerd é fazer de tudo um pouco.

 

Como hobby, tenho a música que é a segunda parte dessa história, sou um apaixonado por música desde: Clássica, erudita, popular, mpb, country, jazz, fusion, gospel e entre vários ritmos, posso dizer que sou um verdadeiro eclético. Tanto é que aprendi sobre produção musical e já tenho um até um CD instrumental, chamado “The Perception” que você pode ver nesse link

Meu sonho

Um dos meus maiores sonhos, é alcançar diversas pessoas no mundo, poder viajar e continuar fazendo meus projetos com amor. Dedicando ao máximo para que as pessoas sinta-se felizes com meu trabalho. Gostou dessa minha pequena autobiografia? Tenho algumas aulas de presente para você abaixo está um link para você  possa aprender comigo.

Clique aqui para assistir minhas aulas e vamos formar novas histórias juntos. Um forte abraço e muito obrigado.

Marvio Rocha Assinado